terça-feira, 7 de julho de 2020

Gatinho com doença rara está sendo tratado com recursos da Nota Fiscal Gaúcha


Um gatinho com uma doença rara está recebendo ajuda da Associação de Conservação e Proteção dos Animais de Santiago (ACPA), através de recursos da Nota Fiscal Gaúcha.

A história começou no interior de Santiago, na localidade do Monte Alegre. A dona do animal entrou em contato com os protetores de Santiago pedindo ajuda. As voluntárias Larrana Machado, Lisione Pivoto e Marcela Vargas Langendorf foram ao interior, buscaram o gato e a médica veterinária Alana Herbichi levou o felino para Santa Maria. A profissional já fez estágio no canil por cinco anos e agora está realizando Residência Médica Veterinária na Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). A hipótese é de que o gatinho tenha Pseudomicetoma Felino, a qual será verificada por exames.

Quando é comprovado que a pessoa não tem condição financeira, a ACPA auxilia no tratamento de saúde do animal.

Sobre a doença: é uma infecção fúngica e é rara em animais domésticos, mas pode aparecer em gatos, cães, equinos e até no homem.

Para ajudar através da Nota Fiscal Gaúcha: acesse www.notafiscalgaucha.rs.gov.br, clique no link LOGIN CIDADÃO e faça seu cadastro; preencha seus dados no formulário e logo abaixo indique a entidade social que você vai ajudar; clique em Concluir Cadastro. Pronto, agora é só você solicitar o CPF na Nota Fiscal de compra e a ACPA (se foi a sua indicação) estará sendo beneficiada.




segunda-feira, 6 de julho de 2020

Catadora de materiais recicláveis, que dá exemplo de respeito aos animais, recebe ajuda em Santiago


Conhece o ditado: Quem quer, arruma um jeito, quem não quer, arruma uma desculpa? Uma catadora de materiais recicláveis, que estava de passagem por Santiago, dá o exemplo de que o abandono de um animal não tem desculpa.

No dia 28 de junho, a médica veterinária, Eva Müller, junto de integrantes do grupo das Pitty’s Protetoras, foi ao encontro da catadora no Posto do Batista. Conversaram e pegaram as cadelas que a acompanhavam levando ao canil para realizar a castração. Na ocasião, combinaram que a profissional permaneceria mais três dias na cidade, o tempo que as fêmeas deveriam tomar a medicação. Também, colocaram os filhotes para adoção.

Conforme a médica veterinária, seja qual for o destino da catadora, os animais fazem parte dos planos dela. “Não é que nem aquelas pessoas que trocam de casa na mesma rua e acabam abandonando os animais”.

O movimento em torno deste assunto foi protagonizado pelas Pitty’s Protetoras, junto do Coletivo Sobre Elas. O Grupo Batista permitiu que ela ficasse no local e também ofereceu alimentação. A Associação de Conservação e Proteção dos Animais (ACPA) doou ração e pagou remédios.



Ajuda prestada pela ACPA é possível pelos recursos da Nota Fiscal Gaúcha



segunda-feira, 29 de junho de 2020

ACPA lança campanha contra abandono e maus tratos a animais


A Associação de Conservação e Proteção aos Animais (ACPA) de Santiago está lançando a campanha “Não faça aos animais o que não gostaria que fizessem com você”, com o intuito de conscientizar as pessoas sobre o abandono e maus tratos, um problema que, segundo a associação, tem sido recorrente no município.

Existem várias leis que estabelecem a proteção aos animais. Uma delas é a Lei Federal 9.605, de 1998, de Crimes Ambientais. O artigo 32 diz que praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos gera pena de detenção, de três meses a um ano, e multa. Incorre nas mesmas penas quem realiza experiência dolorosa ou cruel em animal vivo, ainda que para fins didáticos ou científicos, quando existirem recursos alternativos. E, a pena é aumentada de um sexto a um terço, se ocorre morte do animal.

A associação, através da campanha, busca a ajuda da população para que denunciem, conversem com as pessoas sobre o assunto, auxiliem nas campanhas de adoção e compartilhem a campanha para que chegue ao maior número possível de pessoas.

Conforme a associação, “estamos passando por um momento difícil em razão da pandemia por Covid 19. Isto também se estende aos animais, pois aumentou geometricamente o abandono, ocasionando uma superlotação no Canil Municipal. Por isso, a ACPA está propondo essa campanha para conscientizar sobre a gravidade do abandono.”

A ACPA é uma entidade sem fins lucrativos que tem a finalidade de desencadear ações com o propósito de acolher, amar e cuidar os animais de Santiago. Um de seus projetos, como parceira da prefeitura, foi a reforma e humanização do Centro de Controle de Zoonoses. Lá se encontram animais que foram abandonados por seus donos em estado de velhice e, a maioria das vezes, portadores de tumores, animais vítimas de agressões, apreendidos pela Justiça por maus tratos e os recolhidos das ruas.



domingo, 21 de junho de 2020

Cesariana de emergência com mãe e filhotes salvos no domingo pela manhã: SALVAR VIDAS NÃO TEM HORA





A manhã deste domingo, 21.06.2020, foi movimentada no Canil Municipal.
Em tempos de Covid-19, uma pessoa sem recursos pediu socorro para salvar sua cachorrinha que não conseguia dar à luz. Informou que um cão de porte maior entrou em seu pátio e resultou nessa gravidez.
A cachorrinha foi atendida pela Dra. Eva Maristane Rodrigues Muller que realizou a cesariana. O filhote maior estava morto, a cachorrinha com o útero rompido e já havia líquido na cavidade. O outro filhotinho sobreviveu e a mãezinha também. Assim que voltou da anestesia, já estava lambendo o filhinho e tinha bastante leite.
Está sob os cuidados de sua família e da Dra. Eva.
Rotina de domingo no Canil Municipal, PORQUE PARA SALVAR VIDAS, NÃO TEM HORA !

sábado, 20 de junho de 2020

PATINHA AMPUTADA - uma história com final feliz





 Este filhotinho possivelmente teve a patinha esmagada e arrancada por roda de moto ou carro. Uma pessoa o socorreu e procurou a Dra. Eva Maristane Rodrigues Muller no Canil Municipal.

Após a realização de exames, ficou diagnosticado que a melhor solução seria a amputação total, devido ao estado do que restou da patinha. Nesses casos, conforme a Dra. Eva falou, ainda há o risco de uma embolia pulmonar, se formar coágulo nas artérias, devido ao traumatismo.

A cirurgia foi realizada no dia 09 de junho de 2020, à noite, na sala de cirurgia do Canil Municipal.

A anestesia foi inalatória, o filhote teve que ser entubado. 


A Dra. Eva contou com a ajuda da médica veterinária voluntária Dra. Meiriely Carazzo Salgado.
Transcorreu tudo bem na cirurgia, mas" ainda estamos nas 48 h cruciais do pós-operatório", disse a Dra. Eva, que está cuidando do paciente em sua própria casa.


Com a ajuda inúmeros voluntários, pessoas físicas e pessoas jurídicas, a sala cirúrgica do Canil está equipada com o que há de melhor para o cuidado dos animais, pelo que agradecemos muito!






A cachorrinha ficou vários dias na casa da Dra. Eva e do Professor Ronaldo, tanto que, como vemos na foto, enquanto o professor trabalhava nas aulas virtuais, ela ficava ao seu lado, deitada na poltrona.

Ela reagiu bem, adaptou-se à nova situação, corria atrás da bolinha, brincava, alimentava-se bem.

Então aconteceu uma alegria inesperada: a Loirinha, como a Dra. Eva a chamou, encontrou um lar amoroso que a acolheu e uma família maravilhosa que a adotou !



Aqui ela já está bem integrada na sua família e recebeu o nome de Cookie !

segunda-feira, 18 de maio de 2020

Castração dos gatinhos resgatados neste fim de semana



Dos 29 gatinhos resgatados neste final de semana, doze já foram castrados nesta segunda-feira pelas médicas veterinárias Eva Maristane Rodrigues Muller e Meiriely Carazzo Salgado.
Após a recuperação, eles estarão disponíveis para adoção responsável e monitorada pela Dra. Eva e voluntários que trabalham no Canil Municipal.

Cão idoso e muito magro abandonado num dos trevos da cidade


Este cãozinho, idoso e muito magro , foi abandonado no trevo perto do Posto Batista da BR 287, e acabou sendo atropelado.
Pessoas de bem o acolheram e buscaram socorro.
A estudante de medicina veterinária e Pitti Protetora Daiane Cantoni com a ajuda de Lisione Pivoto fizeram o resgate e o levaram para o Canil Municipal, onde foi medicado, alimentado e está sob cuidados.
Dessa situação, temos dois pontos a analisar:
- primeiro, o abandono de cão idoso, que é recorrente, infelizmente;
- segundo, a atitude responsável de quem deu o primeiro socorro, não o deixou fugir e buscou ajuda dos protetores, sendo esta a atitude mais correta a fazer, pelo que agradecemos muito.
Esperamos que situações como esta deixem de ocorrer e que as pessoas tomem consciência que os animais também sofrem física e emocionalmente.

domingo, 17 de maio de 2020

Cachorrinha em sofrimento

Esta cachorrinha foi motivo de uma denúncia, pois estava bem machucada.
Às 9 h da manhã deste domingo, a Dra. Eva Maristane Rodrigues Muller, acompanhada da Brigada Ambiental, foi até a residência onde ela se encontrava para o resgate e devido atendimento médico.
RESSALTAMOS: acompanhada da Brigada Ambiental no domingo, guarnição parceira dos protetores!
A cachorrinha está com a vagina machucada, pois foi interrompido o ato sexual de forma forçada, puxaram o cachorro e cortaram os testículos.
Dessa atitude humana agressiva, por não cuidarem dos seus animais, ocorreram dois atendimentos.
A voluntária Fátima Juçara, coordenadora do Brechó Reciclão, identificou a situação  e providenciou que o cão fosse levado ainda ontem no Canil, onde passou por procedimento cirúrgico adequado, realizado pela Dra. Eva e se encontra medicado e em recuperação.
A cachorrinha, após o resgate de hoje, também se encontra no Canil para tratamento médico. Depois que estiver recuperada, será feita a castração pelas médica veterinárias Eva Maristane Rodrigues Muller e Meiriely Carazzo Salgado. Depois de recuperada, ela será devolvida aos tutores.
Não conseguimos mudar o mundo, mas fazemos a nossa parte!

Mais um capítulo de domingo...


Resgate deste domingo e a importância de castrar os animais


Entre sexta-feira e hoje, a Dra. Eva Maristane Rodrigues Muller com a ajuda da também médica veterinária Meiriely Carazzo Salagado,  das estudantes de Medicina Veterinária Mary Minuzzi e Daiane Cantoni e da técnica de enfermagem Larrana Machado fizerem o resgate de 29 gatos que viviam no abandono num terreno baldio, procriando indiscriminadamente.
Uma moradora nas proximidades passou a alimentá-los e entrou em contato com a Dra. Eva para possibilitar o resgate, as castrações e futuras adoções responsáveis.
A ACPA ressalta  a importância de castrar os animais, sejam felinos ou caninos, a fim de evitar o aumento das populações e proliferação de doenças.
A Dra. Eva Maristane Rodrigues Muller sempre diz que cuidar dos animais não é loucura de protetor, é uma questão de saúde pública e muito séria.
Este foi mais um capítulo de domingo.

sábado, 9 de maio de 2020

Em tempos de isolamento social, ACPA constrói pontes para atender os animais: ACPA e UFSM



A curicaca que aparece nas fotos foi resgatada em 25.04.2020 pela Polícia Ambiental no município de São Francisco de Assis e se encontrava com a asa estraçalhada possivelmente por projétil de arma de fogo.
A Dra, Eva Maristane Rodrigues Muller ficou de depositária fiel da ave e responsável pelos teus cuidados. A curicaca foi levada até o Mini Zoológico Cassol que já abriga algumas aves resgatadas que não tiveram mais condições de retornar à natureza. Ali os cuidados também foram feitos pela voluntária Alair Cassol que tem grande conhecimento sobre aves e pela enfermeira Patrícia Cassol, que auxiliou a Dra. Eva em todos os curativos.
Nos primeiros dias a curicaca comeu muito, pois estava muito debilitada e se adaptou bem ao lar temporário, chegando até a comer na mão da Alair.
No entanto, a fratura exposta da asa, com os ossos moídos que não conseguiam se consolidar, inspirava muita preocupação e cuidados.
A Dra. Eva fez contato com o Hospital Veterinário da UFSM e nessa quarta-feira a curicaca foi levada para cirurgia de amputação da asa.
A dedicada equipe médica que cuidou da ave foi:
- Cirugiões: Prof. João Eduardo e Acadêmico Guilherme Rech;
- Auxiliares: Acadêmica Priscila Inês Ferreira e Acadêmico Eduardo Rech;
- Anestesistas: Mestranda Charline Vaccarin e Residente Paloma Tomazi.
A cirurgia transcorreu bem, a curicaca voltou da anestesia, foi bem cuidada e retornou a Santiago com a Dra. Eva.
Mas na quinta-feira, dia 07.05.2020 veio a falecer, não resistindo à gravidade do ferimento.

A ACPA agradece de coração aos Policiais da Brigada Ambiental que fizeram o resgate e procuraram o socorro, às voluntárias Eva, Alair e Patrícia, e a prestimosa equipe médica veterinária da UFSM já citada.
Ressaltamos a importância de resgatar o animal no momento que o encontra e buscar o socorro. Isto salva vidas, e quando não é possível, pelo menos o animal deixa a vida assistido e com dignidade.

Estamos vivendo uma época tão sensível, em que um vírus minúsculo está ceifando vidas humanas. Então que nós humanos aprendamos a respeitar a vida de todos os seres!